Enquete

Qual é a sua opinião, com relação ao trabalho da imprensa escrita de Leopoldina?
 

Visitantes

mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterHoje457
mod_vvisit_counterOntem2061
mod_vvisit_counterEsta Semana6402
mod_vvisit_counterSemana Passada9110
mod_vvisit_counterEste Mês29449
mod_vvisit_counterMês Passado18947
mod_vvisit_counterTodos os Dias2873700

We have: guests online
Hoje: 25 Mai, 2017

300x250_Site_Progresso

Início
  • 0
  • 1
  • 2
prev
next

Crise pode atrasar reforma da Previdência, diz Meirelles a investidores.

News image

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, reconheceu nesta segunda-feira (22) que a crise política pode atrasar a tramitação da reforma da Previdência no Congresso em algumas semanas. A afirmação foi feita em conferência com investidores, por telefone, organizada pelo banco JPMorgan. Segundo a assessoria do ministro, Meirelles afirmou que continua trabalhando pela apr...

Leia Mais

PMDB de Minas vai discutir filiação de Perrella e pode expulsar senador

News image

Um movimento interno na legenda é contra a permanência do senador e não esconde a instatisfação. Perrella trocou o PTB pelo PMDB (foto: Pedro França / Agência Senado) O PMDB de Minas Gerais deve discutir nos próximos dias a filiação do senador Zezé Perrella em seus quadros. A adesão não havia agradado ...

Leia Mais

PARÁ DE MINAS Macarrão consegue saída por mais de um ano para estudo

News image

Luiz Henrique Ferreira Romão, que já está no semiaberto, fará dois cursos profissionalizantes durante quase um ano e meio; a Justiça liberou a saída temporária.   PUBLICADO EM 22/05/17 - 14h20 LUCAS HENRIQUE GOMES* Condenado a 15 anos por envolvimento na morte de Elisa Samudio, Luiz Henrique Ferreira Romão, conhecido como Macarrão, foi liberado ...

Leia Mais
Deputados federais mais votados em Leopoldina votaram a favor da reforma trabalhista.

Misael Varella, Marcus Pestana, Renzo Braz e Eduardo Barbosa votaram sim.

argaiv1679

Os dois deputados mais bem votados em Leopoldina, votaram a favor da reforma trabalhista, e conseqüentemente contra toda a população, inclusive a de Leopoldina, que deu a eles muitos e bons votos. A constatação não é deste jornal e sim de especialistas e entendidos no assunto. foto_misaelO deputado federal Misael Varela, (DEM), que foi o primeiro mais votado em Leopoldina, com expressivos 11.783 votos, votou a favor da reforma trabalhista, proposta pelo governo Temer. Também votou a favor da reforma trabalhista, o deputado federal Marcus Pestana (PSDB), que obteve 4.222 votos em Leopoldina nas eleições de 2014. Também votaram sim, ou seja, a favor do Projeto de Lei nº 6.787/2016, que trata da reforma trabalhista, os deputados federais Renzo Braz (PP), que obteve em Leopoldina 498 votos e o deputado federal Eduardo Barbosa (PSDB), que teve 420 votos na cidade, sendo este último conhecido como o deputado das Apaes. O advogado Rafael Vargas Ponte, Presidente da OAB de Leopoldina, deu diversas declarações públicas bem argumentadas, contra a aprovação dos projetos de lei que tratam das reformas trabalhista e previdenciária, esta última ainda será votada em breve pela Câmara dos Deputados. Rafael Vargas Ponte ressaltou em uma de suas publicações, que “não tem qualquer vinculação político-partidária.”O Conselho Federal da OAB e a OAB e a OAB/MG, bem como diversas entidades sérias e com credibilidade em todo o país, divulgaram notas bem fundamentadas, demonstrando serem contrárias a aprovação das projetos de leis que tratam das reformas trabalhistas e previdenciária. Entre os 49 deputados mineiros que votaram, 29 votaram a favor e 20 votaram contra.

 
Vice-Prefeito afirma que o CAPS está prestando todo atendimento que era prestado pela Clínica São José.

foto_marcinhoPerguntado por uma ouvinte, se há possibilidade da prefeitura municipal se empenhar, com relação a reabertura da Clínica São José  em Leopoldina, quando participava do programa “Haroldo em Notícias”, levado ao ar pela Rádio Jornal AM, recentemente, o atual vice-prefeito de Leopoldina, Márcio Pimentel, afirmou que na época do fechamento da mesma, foram feitas diversas tentativas por parte da prefeitura municipal, para que a Clínica São José não fosse fechada e que a mesma tinha um convênio com o município, com relação ao CAPS e que através deste convênio, verificou-se que era praticamente inviável a manutenção e funcionamento da Clínica São José, ressaltando que na época não acompanhou este processo, tendo em vista que foi na gestão anterior. Márcio Pimentel afirmou ainda que o CAPS – Centro de Assistência Psicossocial está funcionando há mais de um ano, afirmando ainda que o “serviço que era prestado pela Clínica São José, está sendo prestado através do CAPS, que atualmente está funcionando onde seria a UPA- Unidade de Pronto Atendimento.” O vice-prefeito afirmou ainda que o CAPS “está fazendo todo atendimento” e que os serviços que eram prestados pela Clínica São José não deixou de existir, frisando que o que não existe mais é a utilização do especo físico, pertencente aos proprietários da extinta Clínica São José. Segundo ainda Márcio Pimentel, não houve nenhum acordo com a família proprietária do prédio, para que a prefeitura utilizasse o mesmo. O Jornal O PROGRESSO acompanhou, através de matérias jornalísticas, o processo de fechamento da Clínica São José, de setembro a dezembro de 2014, e na ocasião, não tomou conhecimento de nenhuma ação por parte do Poder Executivo, para que a mesma não fosse fechada.

 Saiba mais sobre o CAPS

 

 

cansei-charge                                    

 

                              

                           Veja Charges

 

 

xuxa_kta      

 

 

 

 

           Veja Fotos

 

 

 

"Xuxa em Cataguases, no dia 12 de novembro de 2011,
ocasião em que gravou para seu programa."

 
Bom Dia,

Leia o Jornal Online

edicao-070

Edições Anteriores

Publicidade

 tec-enf

finance

blogmarinato

bar-puca

Previsão do Tempo

Todos os Direiros reservados
Desenvolvido por