Enquete

Qual é a sua opinião, com relação ao trabalho da imprensa escrita de Leopoldina?
 

Visitantes

/var/www/vhosts/jornaloprogressoleopoldina.com.br/httpdocs/administrator/components/com_vvisit_counter/helpersPlease reinstall [Vinaora Visitors Counter] component53

300x250_Site_Progresso

Início Notícias de Leopoldina
Notícias de Leopoldina
Residente em Cataguases, professor do CEFET de Leopoldina, morre em acidente de carro, aos 29 anos. PDF Imprimir E-mail
Postado por Marcos Marinato   
Seg, 30 de Janeiro de 2017 13:50

argaiv1663

FOTO_HUGO_MOTAMATÉRIA ATUALIZADA - Um acidente ocorrido na tarde deste domingo, 29 de janeiro, no Km 85 da rodovia MG-285, próximo a Santana do Campestre, distrito de Astolfo Dutra (31 km de Cataguases) deixou um morto e quatro feridos, dentre eles uma criança de 2 anos de idade, segundo informações obtidas no Pronto-Socorro do Hospital de Cataguases para onde três vítimas foram encaminhadas. Apenas a criança foi levada para o Hospital Santa Isabel, em Ubá, e seu estado é grave, conforme informações preliminares prestadas por parentes ouvidas pela reportagem. Um homem, identificado como Hugo Mota (foto ao lado), de 29 anos de idade, morreu no local. Ele é de Cataguases. Outras duas vítimas também são cataguasenses, uma mulher, inclusive, está grávida de seis meses e seu estado de saúde é o mais delicado, conforme apurou a reportagem. Duas Unidades do SAMU, sendo uma de Astolfo Dutra e outra de Rio Pomba, estiveram no local do acidente e fizeram o resgate dos feridos, juntamente com uma guarnição do Corpo de Bombeiros de Ubá. A Polícia Militar Rodoviária de Dona Eusébia (PMR) esteve no local onde apurou os fatos e repassou ao Site do Marcelo Lopes que o acidente aconteceu pouco depois de um radar existente nas imediações. Segundo informou dois veículos, um Vectra, verde, com placa de Cataguases, seguia sentido Campestre, com cinco pessoas no seu interior, colidiu frontalmente com um Hyundai Elantra, placa de Ubá, que vinha em sentido contrário, com três ocupantes, na contramão de direção, conforme disseram testemunhas. Com o choque dos veículos, o condutor do Vectra, ficou preso às ferragens e foi retirado com ajuda dos bombeiros e levado para o Hospital de Cataguases juntamente com as outras duas vítimas que estavam no banco de trás do veículo, aparentemente, sem gravidade, ainda conforme informou a Polícia Militar Rodoviária. A criança, que também estava no banco de trás, com a mãe dela e outra mulher, foi levada para o hospital de Ubá e não há neste momento informações sobre seu estado de saúde. Já Hugo Procópio Mota, que faleceu no local, viajava no banco ao lado do motorista e também ficou preso às ferragens, de acordo com a PMR.As três pessoas que estavam no Elantra, aparentemente, não se feriram, segundo a Polícia Militar Rodoviária, pois todos fugiram do local do acidente, abandonando o veículo que ficou com a frente totalmente destruída. Os militares conseguiram identificar o seu condutor como sendo Sebastião Fabiano Lopes e está à sua procura, bem como dos demais passageiros para ouvir a versão dos fatos de cada um e adotar as providências legais. (Fonte: www.marcelolopes.jor.br)


 
REAJUSTE PARA PROFESSORES MUNICIPAIS É APROVADO PELOS VEREADORES PDF Imprimir E-mail
Postado por Marcos Marinato   
Seg, 30 de Janeiro de 2017 11:13

A Câmara Municipal de Leopoldina realizou hoje (27/01) sua primeira reunião extraordinária do ano. Os vereadores compareceram ao plenário para analisar o Projeto de Lei Complementar nº 01/2017 que concede reajuste anual de vencimentos aos professores integrantes do quadro do Magistério Municipal, a fim de adequá-los ao piso nacional dos Professores de Educação Básica. Essa atualização está de acordo com a Lei Federal nº 11.738/2008 que determina que o piso salarial seja atualizado, anualmente, no mês de janeiro. Durante a reunião foi feita a leitura de um ofício encaminhado pela vereadora Kélvia Raquel justificando sua ausência e se posicionando favorável ao referido projeto. Os demais vereadores estiveram presentes.Com a aprovação do plenário, o Projeto de Lei Complementar nº 01/2017, após sua leitura, foi encaminhado a uma Comissão Especial, composta por Waldair Barbosa Costa, Antônio Carlos Martins Pimentel e Jacques Villela. Consultados pelo Presidente Darcy Portella, os membros da Comissão Especial se dispuseram a dar parecer durante a reunião, o qual foi aprovado pelos presentes. Em seguida, o Projeto de Lei Complementar nº 01/2017 foi discutido,  aprovado em caráter de urgência por unanimidade dos vereadores e foi encaminhado para sanção do Prefeito Municipal.

 
CÂMARA MUNICIPAL REALIZARÁ REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA NESTA SEXTA-FEIRA PDF Imprimir E-mail
Postado por Marcos Marinato   
Qui, 26 de Janeiro de 2017 16:44

A Câmara Municipal de Leopoldina vai se reunir pela primeira vez neste ano. A primeira reunião da nova legislatura vai acontecer nesta sexta-feira (27/01), às 15 horas, em caráter extraordinário, para analisar o Projeto de Lei Complementar nº 01/2017, de autoria do Poder Executivo.

A referida matéria tem a finalidade de conceder reajuste anual de vencimentos aos professores integrantes do quadro do Magistério Municipal, a fim de adequá-los ao piso nacional dos Professores de Educação Básica. Essa atualização está de acordo com a Lei Federal nº 11.738/2008 que determina que o piso salarial seja atualizado, anualmente, no mês de janeiro.

A justificativa que acompanha o projeto informa que, para este exercício de 2017, o reajuste será de 7,64%, o que representa incremento de 1,35% acima da inflação acumulada de 2016, que foi de 6,29%.

 Vereadores dispensam prazo regimental de convocação para atender aos professores

 
Justiça Eleitoral marca a diplomação de Zé Roberto e Marcinho Pimentel. PDF Imprimir E-mail
Postado por Marcos Marinato   
Sex, 16 de Dezembro de 2016 11:37

foto_ze_roberto_e_marcinho__certaO Juiz Eleitoral da Comarca de Leopoldina, Dr. Gustavo Vargas de Mendonça, marcou para a próxima segunda-feira, dia 19 de dezembro de 2016, às 13:00 horas, na sede do cartório eleitoral de Leopoldina, localizado na rua Padre Júlio, nº 45, a diplomação de Zé Roberto, como prefeito eleito, e de Márcio Pimentel, como vice—prefeito eleito. Veja na íntegra a decisão do juiz.

 

DECISÃO

Diante da comunicação oficial do Superior Tribunal Eleitoral da decisão monocrática que deferiu o registro de candidatura dos candidatos José Roberto de Oliveira e Márcio Henrique Alvarenga Pimentel, referente ao RESPE nº 513-42.2016.6.13.0161, decisão publicada em 13.12.2016, destaco o seguinte.

É certo que os candidatos foram escolhidos nas urnas, ainda que pendente a qualidade de elegíveis, diante da sentença proferida por este juízo e confirmada à unanimidade pelo Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais, o que ainda permanece, diante da ausência de trânsito em julgado no processo de registro de candidatura, nesta data.

 
Advogado Bernardo Guedes fala sobre direito público e sistema previdenciário. PDF Imprimir E-mail
Postado por Marcos Marinato   
Qui, 01 de Dezembro de 2016 13:22

Bernardo Guedes especializou-se em direito público.

bernardo_guedesBernardo Junqueira e Renó Guedes, o Bernardo Guedes, é filho do ex-deputado estadual e ex-prefeito de Leopoldina, Bené Guedes e de Nilma Junqueira Renó Guedes.  Formou-se em Direito em janeiro de 2011, tendo estudado na Faculdade Vianna Júnior. Após a sua formatura, residiu por mais um ano em Juiz de Fora, tendo retornado para Leopoldina no ano de 2013, ocasião em que ficou motivado com o mercado de imóveis, tendo  participado do funcionamento da BLN Imobiliária, empresa de propriedade de seu pai Bené Guedes, que na ocasião encontrava-se inativa, sendo que posteriormente no ano de 2014, abriu seu escritório de advocacia e há três anos vem militando nesta área. Bernardo Guedes especializou-se em direito público, pela PUC Minas no ano de 2013. Segundo ele, esta área do direito público é mais aberta, pois envolve o direito previdenciário, o direito constitucional, os direitos administrativo e penal, sendo que o direito privado envolve mais o direito civil, as relações mais pessoais e patrimoniais. Sobre o sistema previdenciário, Bernardo Guedes afirmou que este tema sempre será debatido, pois é algo que ele já imaginava que iria chegar nesta atual situação com muitas polêmicas, explicando o advogado que existe o sistema geral da Previdência Social, onde algumas pessoas contribuem e chegando o tempo de idade e o tempo de contribuição, acaba que quase todos vão se aposentar, sendo que muitas pessoas que não contribuíram, vai receber por aquele benefício. Bernardo Guedes, afirmou que como sempre é noticiado,  o governo federal tem cada vez menos receita e mais benefícios para conceder e que não é correto cercear direitos e nem é isso que ele deseja, ressaltando que se o governo federal não tomar as medidas necessárias, o rombo nas contas públicas será cada vez maior. Ainda sobre o direito público, Bernardo Guedes afirmou que na sua opinião, o que falta atualmente nesta área, é um pouco de aplicabilidade, pois muitas das normas estão no papel e não se vê funcionando bem, afirmando que observa que o que os brasileiros querem, não são somente as leis no papel e sim a aplicabilidade das mesmas e que as leis e a aplicação das mesmas, sejam útil para a vida de todos os brasileiros.
 
PERÍODO DE CHUVAS Fique sempre atento: atitudes e cuidados simples podem evitar prejuízos e acidentes. PDF Imprimir E-mail
Postado por Marcos Marinato   
Qua, 23 de Novembro de 2016 12:16

Nossa região passa pelo período de chuvas. Por conta dos riscos existentes em uma tempestade com raios e ventos, a Energisa realiza campanhas alertando seus clientes sobre atitudes e cuidados simples para evitar prejuízos e acidentes. 

É importante que a população adote medidas de precaução, mantendo-se afastado de potenciais perigos. Atitudes e cuidados simples podem evitar prejuízos e acidentes. Por exemplo: em caso de fios elétricos partidos ou caídos na rua, mantenha distância. 

Preste atenção às dicas da Energisa de como se proteger durante as tempestades:

• Evite tomar banho durante as tempestades, pois existe o risco de choque elétrico em caso de descargas atmosféricas na rede de energia.

 

• Em caso de tempestade, saia da piscina ou do mar.


• Retire todos os aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos das tomadas.

• Evite contato com objetos de estrutura metálica, como fogões, geladeiras e torneiras que estejam ligados na eletricidade.

• Se você estiver dentro do carro durante uma tempestade, permaneça no veículo. Os carros oferecem excelente proteção contra os raios.

• Enquanto você fala, durante uma tempestade, ao telefone fixo ou celular, se estiver carregando, um  raio  pode atingir as linhas de energia e de telefonia na rua e provocar sobrecarga na rede. Desligue o aparelho e evite o choque. 

• Evite locais abertos e superfícies planas como campo de futebol, piscinas, rios ou mares. Se o seu corpo for o ponto mais alto da superfície, ele pode atrair um raio e sofrer uma descarga. Procure um local seguro para se abrigar, mas não se esconda debaixo da árvore.

• Não manusear equipamentos que estejam ligados na tomada, antena ou rede telefônica. 

• Em caso de fios elétricos partidos ou caídos na rua, mantenha distância. 

• Se perceber algum problema na rede elétrica, entre em contato com a Energisa pelo telefone 0800 032 0196. Lembre-se: a Energisa também está presente 24h pelas redes sociais — Facebook e Twitter — e pelo site www.energisa.com.br.

(Fonte: Assessoria de Imprensa da Energisa)

 
Confirmado o indeferimento da candidatura do prefeito de Leopoldina PDF Imprimir E-mail
Postado por Marcos Marinato   
Seg, 17 de Outubro de 2016 07:37

14 de outubro de 2016 - 18h45

TRE-MG sessão da corte presidida pelo desembargador Geraldo Domingos Coelho. Foto: Cláudia Ramos/CCS

Confirmado o indeferimento da candidatura do prefeito de Leopoldina

O indeferimento do registro da candidatura de José Roberto Oliveira (PSC/Coligação juntos pela Paz, União e Progresso) a prefeito da Leopoldina foi mantido pela Corte Eleitoral mineira nesta sexta-feira (14), em razão de inelegibilidade. Ele foi condenado por órgão colegiado por crime praticado contra a Administração Pública, sendo enquadrado no que está previsto no art. 1º, item I, alínea “e”, 1, da Lei Complementar nº 64/1990 (Lei das Inelegibilidades). O candidato, quando do exercício do cargo de prefeito de Leopoldina, deixou de fornecer, por duas vezes, dados que foram requisitados pelo Ministério Público para fundamentar o ajuizamento de ação civil pública. Em razão desses atos, foi regularmente processado e condenado em junho de 2013, por órgão colegiado (Tribunal de justiça de Minas Gerais), pela prática do ilícito previsto no art. 10 da Lei nº 7.347/1985, enquadrado com uma espécie de crime contra a Administração Pública.

 
« InícioAnterior12345678910PróximoFim »

Página 1 de 71
Boa Tarde,

Leia o Jornal Online

edicao-070

Edições Anteriores

Publicidade

 tec-enf

finance

blogmarinato

bar-puca

Previsão do Tempo

Todos os Direiros reservados
Desenvolvido por